fbpx

A Caixa econômica Federal anunciará a liberação de novos recursos para tentar estimular a economia.

O banco deve lançar nos próximos dias uma nova linha de R$ 1,5 bilhão para financiamento de loteamentos. Além disso, também vai liberar empréstimos para Estados e municípios que ainda têm capacidade de endividamento.

De acordo com o presidente da Caixa, Gilberto Occhi, esses financiamentos podem contribuir para que a retomada da economia não seja interrompida. “O Brasil precisa ter um pouco de tranquilidade e não dá para interromper este processo”, afirmou. Segundo Occhi, no caso dos loteamentos, os recursos serão do próprio banco, e não do FGTS. Segundo ele, a Caixa já mapeou mais de 500 empresas que poderiam tomar o crédito.

Para os Estados,Occhi afirma que os recursos poderão ser usados para bancar obras de infraestrutura e também reforçar o caixa.

Na lista dos contemplados estão:

Piauí (R$ 700 milhões)

Goiás (R$ 600 milhões)

Alagoas (R$ 500 milhões)

Paraná (R$ 100 milhões)

A Prefeitura do Rio de Janeiro está negociando um empréstimo de cerca de R$ 1 bilhão.

Em situação financeira delicada, os Estados têm pressionado há tempos o governo para liberação de recursos. É um agrado aos governadores, no momento em que batalhas pesadas precisarão ser travadas no Congresso, pode ser uma forma de angariar mais apoio político.

Sobre lotes

Segundo o presidente do Secovi-SP (Sindicato da Habitação do Estado de São Paulo), Flavio Amary, a linha para financiar os loteamentos está sendo estudada pelo banco com o setor há três meses. “Financiar o lote urbanizado é fundamental para diminuir o déficit habitacional no País, assim como programas de habitação popular, como o Minha Casa Minha Vida”, afirmou.

José Carlos Martins, presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic), afirmou que o setor carece de uma linha de financiamento para viabilizar investimentos de infraestrutura nos lotes, como terraplenagem, esgoto, iluminação e água. De acordo com Martins, esse tipo de crédito poderia aumentar o número de investidores nesse negócio, o que reduziria o preço do valor do terreno, responsável em média por 50% do custo da venda do imóvel.

Então? Com essa novidade positiva, vamos falar sobre a gestão de seu empreendimento?

 

Fale com um de nossos consultores!

 

Deixe seu melhor e-mail.
Ex. DDD 11 99999-0000
Categorias: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Fale Agora